sexta-feira, 12 de novembro de 2010

CRIA discute plano de trabalho para realização do VII Encontro da Rede Ser-Tão Brasil


Reunião de planejamento no CRIA para encontro em BVT
Representantes do Grupo Gestor da Rede Ser-Tão Brasil estarão reunidos no município de Boa Vista do Tupim (BA), nos dias 13 e 14 de novembro, para mais uma fase do Plano de Ação da Rede para 2011. A cidade, umas das 15 do interior que integram a Rede, será a anfitriã do VII Encontro da Rede Ser-Tão Brasil, previsto para novembro do ano que vem.

A ação, batizada de Encontrando o Ser-Tão de Boa Vista do Tupim, contará também com participação do Grupo Gestor Local, formado por representantes de diversas áreas da cidade, além de jovens e ex-integrantes do projeto Arte Cidadã, desenvolvido pelo coordenador Weldon Bittencourt, também participante da Rede Ser-Tão Brasil.

O objetivo do encontro é contribuir para elaboração de propostas de políticas culturais para Boa Vista do Tupim a curto, médio e longo prazo a partir de temas como a Democratização da Cultura (Sistema de Cultura), Convivência com o semi-árido, Meio Ambiente (Permacultura, Tratamento de resíduos sólidos), Cultura da infância, Economia solidária, Ancestralidade – valorização das culturas africanas e indígenas e Valorização das artes e culturas populares locais. O encontro será também uma oportunidade para apresentar o Plano aos representantes do poder público local.

“Este será um momento importante, pois seremos um grupo amplo, e estaremos em diálogo para garantir condições para que este Plano seja realizado, com resultados expressivos para a cidade e para cada ponto de nossa rede”, afirma Maria Eugênia Milet, supervisora geral do CRIA.

A cidade está sendo preparada para gerir um processo coletivo para viabilizar as condições para que o processo se desenvolva. A Rede Ser-Tão Brasil estará contribuindo com a democratização das políticas de cultura, através da parceria para a construção do Plano Plurianual de 2011. A idéia será integrar o Plano de Ação da Rede para 2011 ao Plano de Cultura da cidade.

“Entendemos que este Plano de Ação deve ser a base do Plano de Cultura da cidade. E daí decorrerão muitas ações de colaboração da Rede na gestão de processos colaborativos e participativos e na elaboração de políticas públicas de cultura (em articulação com educação, meio ambiente e saúde) na cidade. Este tem sido um processo intenso e continuado, envolvendo muita gente dos grupos de Salvador e do interior, durante este ano todo", explica Maria Eugênia.

“Estamos num exercício de Rede. Compartilhamos, inventamos com um nível de maturidade grande e paciência. Estamos também dinamizando mais nossos contatos através do nosso grupo virtual. Tudo isso que está acontecendo é sinal desta descentralização”, ressalta Romilson Freitas, assistente do núcleo de Arte-Educação do CRIA e articulador da Rede Ser-Tão Brasil.

Um comentário :

  1. Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Daienne.

    ResponderExcluir